Os manifestantes fecharam uma das pistas da avenida Almirante Barroso. Reprodução/Ascompa

Segundo o Associação dos Concursados do Pará (Ascompa), o estado estaria contratando profissionais temporários em processos seletivos quando deveriam chamar pelos aprovados no concurso. 

Professores aprovados em concurso público, fecharam um das pistas da avenida Almirante Barroso, durante um protesto na manhã desta terça-feira (9). Eles pedem pela nomeação de cerca de quatro mil professores que foram aprovados em concurso público em junho de 2018. Segundo o Associação dos Concursados do Pará (Ascompa), o estado estaria contratando profissionais temporários em processos seletivos quando deveriam chamar pelos aprovados no concurso.

“O estado tem precisa no mínimo de sete mil profissionais atuando na área da educação. Somos mais de quatro mil profissionais que estão aqui a espera dessa nomeação. Passamos e merecemos sim ter o que é nosso por direito”, disse Vinicius Furtado que faz parte da liderança do Ascompa.

No inicio de 2019, a Secretaria de Estado de Administração (Sead) publicou nota informando a nomeação de 603 aprovados no concurso da Seduc. Ainda de acordo com a Sead, outras 1.435 pessoas seriam chamadas no mês de abril. Mesmo com a publicação das nomeações, os aprovados reclamam que o Estado manteve contratações temporárias nos órgãos.

Uma reunião está marcada para o dia 23 de julho com a Secretaria de Educação (Seduc) e representantes da Casa Civil. Enquanto isso, a via permanece bloqueada e o trânsito parado no local.

 

Fonte: G1/Pará

Compartilhe isso: