Desde maio, decisão do CNJ obriga cartórios a realizarem a união estável de casais do mesmo sexo — Foto: Raquel Freitas/G1

Este ano, 11 casais participarão da cerimônia, que representa um grande avanço na conquista de direitos para a população LGBTI.

O auditório da Universidade Federal do Pará vai celebrar pela primeira vez na próxima sexta-feira (5),em Belém, a quinta cerimônia coletiva de casamento civil homoafetiva do Pará. Este ano, 11 casais participarão da cerimônia, que representa um grande avanço na conquista de direitos para a população LGBTI.

“É uma honra para a ONG Olivia poder realizar, pela terceira vez consecutiva, a cerimônia. As histórias de vida das pessoas que participam da cerimônia nos mostram o quão preconceituosa ainda é a sociedade. E isso reforça a nossa vontade de realizar muitas outras edições. Estamos fazendo o evento na universidade, mas isso não gera nenhum custo para a mesma.” diz Marcos Melo, que faz parte a ONG Olivia.

Com tema “Sim ao amor”, a cerimônia será realiza pela Organização da Livre Identidade e Orientação Sexual do Pará (Olivia). Segundo a ONG, o casamento representa não só a união dessas pessoas, mas a garantia de respeito à cidadania independente de orientação sexual ou identidade de gênero. A ONG tem como objetivo principal conscientizar a sociedade e a população LGBTI sobre seus direitos humanos e, principalmente, sobre a liberdade de orientação sexual e de identidade de gênero.

Serviço:
V Cerimônia Coletiva de Casamento Civil Homoafetiva do Pará
Data: 05/07/2019.
Hora: 17h.
Local: Auditório do Instituto de Ciências Jurídicas da UFPA

Fonte: G1/Pará

Compartilhe isso: